17 e 18 de abril de 2024

transamerica expo center - são paulo/sp

BLOG

Encurtar o caminho entre teoria e prática é primordial para reduzir burnout

Segundo da Presidente da ISMA-BR, instituição que visa aprimorar conhecimento científico para  prevenção e tratamento do stress, o cenário atual é de muito planejamento e pouca execução no que tange ações nas empresas. Mostrar para as pessoas como elas podem aplicar isso em seu dia a dia é uma necessidade urgente

Ana Maria Rossi, Presidente da ISMA-BR

As sequelas do stress atingem 72% dos trabalhadores brasileiros, sendo que para 69% deles, o trabalho é o principal fator estressor do dia a dia. Os dados são de um estudo científico realizado, em 2019, pela ISMA-BR, instituição voltada à pesquisa e desenvolvimento da prevenção e do tratamento de stress e também uma das apoiadoras institucionais do SER Longlife Learning. Ainda segundo a pesquisa, dessa parcela afetada, 32% sofre de burnout, um grande gatilho para doenças e até para morte.

Porém,  para Ana Maria Rossi, presidente da entidade e PhD no tema,  esse cenário pode ser ainda mais agravante com o atual momento em que vivemos. A pandemia, sem dúvidas, abalou a estrutura das pessoas e deixou as emoções muito mais exacerbadas.  “Há um tempo quando perguntávamos como havia sido o dia de alguém, a resposta, muitas vezes, era ‘foi mais ou menos, mas vamos levando’. Hoje,  o discurso mudou e é muito mais ouvirmos a resposta ‘foi um caos’. Ou seja, o que era ruim ficou péssimo”, explica. 

Esse desiquilíbrio é tão notório que a ISMA-BR optou por não realizar novamente a pesquisa nos anos de 2020 e 2021, no auge da crise sanitária.  “Chegamos à conclusão que se fizéssemos uma pesquisa de stress nesse momento teríamos um indicador muito artificial. As pessoas estão muito sensibilizadas e com toda razão. Muitas adoeceram ou tiveram parentes e amigos contaminados ou que até mesmo morreram. Está tudo muito intenso”, complementa. 

Quando o assunto é prevenção e tratamento, em especial no mundo corporativo, segundo a pesquisadora, a despeito das empresas falarem muito sobre gerenciar o stress e até buscarem meios de minimizá-lo,  na prática, não é isso que acontece. O cenário é de muito planejamento e pouca execução e raramente as ideias saem da sala dos gestores. Mostrar para as pessoas como elas podem aplicar isso em seu dia a dia é uma necessidade urgente, em especial no meio corporativo, que sofre as consequências do stress, dos níveis elevados de absenteísmo e dos afastamentos por burnout. 

“Não adianta conhecer toda a fisiologia, ter o entendimento de que a respiração abdominal é o que se  tem de mais importante para gerenciar o nível de stress, se continuarmos praticando a respiração torácica no dia a dia” , reforça. 

Exatamente por acreditar que é preciso encurtar esse longo caminho entre a teoria e a prática que a ISMA-BR decidiu apoiar o SER Longlife Learning, que acontece dias 18 e 19 de outubro de 2022. O grande diferencial do evento está exatamente no fato de reunir de maneira inédita conteúdo e vivência prática. Além das palestras, um hub de experiências permite o contato com práticas diversas para que toda a teoria compartilhada pelos palestrantes seja aplicada no dia a dia efetivamente. 

“O evento tem tudo a ver com o nosso objetivo de tornar o mundo um lugar mais criativo, mais feliz para ser mais gratificante para as pessoas viverem. Acreditamos que uma comunidade saudável tem tudo a oferecer, mais felicidade, mais saúde, mais comprometimento com os seus colegas, com o trabalho, amigos e familiares”, finaliza Ana Maria. 

A ISMA BR, com sede em Porto Alegre, integra a ISMA – International Stress Management Association, a mais antiga e respeitada associação, sem fins lucrativos, e a única com caráter internacional voltada à pesquisa e ao desenvolvimento da prevenção e do tratamento de stress no mundo. O objetivo da entidade é ser um ponto de referência para a capacitação e a atualização dos profissionais brasileiros, promovendo o treinamento e a reciclagem através de cursos e conferências, pesquisas científicas e, também, sensibilizando a população da importância do diagnóstico, das medidas preventivas e do tratamento adequado. A principal meta é incentivar a qualificação de profissionais e estudantes em disciplinas como Business, Direito, Educação, Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Odontologia, Psicologia, Psiquiatria, Serviço Social e Terapia Ocupacional, entre outras.

SOBRE O SER

SER – Saúde Emocional Ressignificada – é o principal Summit sobre saúde mental no trabalho. Prepare-se para o melhor e mais atualizado conteúdo sobre saúde mental no ambiente corporativo, que trará técnicas, dicas e experiências para ampliar a conscientização e aplicação do tema na vida de cada colaborador.

Ao longo de 2 dias, 17 e 18 de abril de 2024, você fará uma imersão sobre:

  1. Os assuntos mais relevantes da atualidade, dentre eles: modelo de gestão, burnout, a experiência do líder no desenvolvimento dos colaboradores, longevidade e etarismo, inclusão e diversidade, terapias integrativas e muito mais;
  2. Cases de sucesso das principais empresas e lideranças do Brasil;
  3. Networking de altíssimo nível com líderes dos mais diversos segmentos.

Clique e garanta agora a sua participação! https://lets.events/e/ser-saude-emocional-ressignificada/

Contato

Redes Sociais